Brigada de al-Sadr começa a depor armas

O ministro de Segurança Nacional do Iraque Qassin Dawood, confirmou hoje o acordo pelo qual a milícia do clérigo Muqtada al-Sadr, no bairro xiita de Cidade Sadr, em Bagdá, concordou no sábado em depor as armas. Eles vão entregá-las partir de segunda-feira em três delegacias de polícia e receberão compensação em dinheiro. Para criar um clima de confiança, as forças iraquianas e americanas suspenderam as operações no bairro. O governo prometeu libertar os membros da milícia não envolvidos em crimes. A milícia Brigadas Mahdi, entretanto, não será desmobilizada.

Agencia Estado,

10 Outubro 2004 | 17h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.