British não quer passageiros grosseiros

A British Airways anunciou ontem que proibirá o embarque de passageiros "que usem uma linguagem ameaçadora, grosseira ou insultante" diante dos seus funcionários. Segundo um porta-voz da companhia aérea britânica, "o pessoal de terra terá agora o poder de impedir o embarque de passageiros conflitivos, antes que possam causar problemas no interior dos aviões". A nova política da companhia, que entrará em vigor em junho, não significa impedir o acesso ao avião de "todas as pessoas que se excedam", explicou um porta-voz da British Airways. Mas as medidas poderão até levar a uma proibição permanente de embarque nos aviões da companhia no caso de algum passageiro ser responsável por um incidente muito sério.

Agencia Estado,

27 Maio 2001 | 10h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.