Bush ordena envio de tropas para a costa da Libéria

O presidente americano, George W. Bush, ordenou nesta sexta-feira que o Pentágno envie tropas para as costas da Libéria em apoio à força de paz destacada para o país da África Ocidental. O papel das forças americanas será limitado, disse um comunicado da Casa Branca. ?O presidente ordenou ao secretário da Defesa que posicione de modo apropriado as forças militares (dos EUA) ao longo da costa da Libéria?, em apoio à força de paz, disse o comunicado. Não informou quantos soldados ou navios estarão envolvidos na operação. A tarefa imediata da força (de paz, formada por países do oeste da África) é a de assegurar o cessar-fogo e começar a criar condições para que o povo liberiano possa receber ajuda humanitária?, acrescentou o comunicado - que também reiterou que o presidente Charles Taylor ?precisa sair?. Trabalhadores das agências de ajuda têm pressionado a Casa Branca para que tome uma decisão, alegando que o adiamento no envio da força de paz tornou impossível ajudar as vítimas do conflito armado, cujo número cresce diariamente. Esta manhã, pelo menos 12 homens, mulheres e crianças morreram durante bombardeios em torno da embaixada americana em Monróvia, onde se aglomeram à procura de abrigo.

Agencia Estado,

25 Julho 2003 | 13h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.