Caixa de banco ri na cara de assaltante e impede roubo

Ele pôs uma máscara, puxou a arma e exigiu dinheiro. Mas quando a caixa do banco começou a rir, o assaltante se sentiu tão humilhado que saiu correndo. O assalto frustrado ocorreu numa agência bancária da praça principal de Zagreb, informa a polícia. A caixa de 31 anos, identificada apenas como Martina S., "riu alto" ao ser ameaçada pelo bandido porque o vidro que a separa dos clientes é à prova de balas, disse uma porta-voz da polícia. Depois de humilhar o ladrão, Martina calmamente pegou o telefone e chamou as autoridades. O assaltante, vendo o telefonema, deu as costas a sua "vítima" e fugiu do local.

Agencia Estado,

14 Outubro 2004 | 16h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.