Canadense parecido com Bin Laden é detido em Roma

Um cidadão canadense de origem líbia, fisicamente muito parecido com Bin Laden, foi rodeado e detido por vários policiais italianos no aeroporto Fiumicino, de Roma, convencidos de que se tratava de Osama bin Laden. Tudo começou quando um dos policiais de serviço no aeroporto deu de cara com o passageiro, idêntico a Bin laden. Imediatamente, o policial informou a sala de operações: "Osama bin Laden está no aeroporto", afirmou, segundo noticiou hoje o jornal romano Il Messaggero. Uma dezena de policiais correu para junto do colega que havia indicado a possível presença de Bin Laden no aeroporto. O suspeito estava calmamente sentado, com o rosto escondido atrás de uma espessa barba. Os policiais entraram em ação rodeando o homem, pedindo-lhe que se identificasse. Somente então se sentiram aliviados, já que se tratava de um cidadão canadense de origem líbia, de cerca de 40 anos, que estava de passagem por Roma, em direção a Tripoli. Leia o especial

Agencia Estado,

14 Outubro 2001 | 16h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.