Cego escala Monte Everest

Em uma semana muito movimentada no topo do mundo, dois norte-americanos transformaram-se nesta sexta-feira no primeiro alpinista cego e no homem mais velho a chegar ao cume do Monte Everest. Eles estavam entre as 94 pessoas que escalaram a maior montanha do planeta pelo lado nepalês do Everest. Os triunfos também foram cercados pela tragédia, com informações de que um alpinista russo morreu no lado tibetano, mas não há confirmação oficial. Erik Weihenmeyer, de 32 anos, de Golden, Colorado, foi o primeiro cego a escalar a montanha, segundo o Ministério de Turismo do Nepal. Sherman Bull, um médico de 64 anos nascido em New Canaan, Connecticut, é o homem mais velho a chegar ao topo do Everest.

Agencia Estado,

25 Maio 2001 | 18h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.