Chile eleva número oficial de mortos em terremoto

O governo do Chile anunciou, neste sábado, que estava elevando o número oficial de mortes do terremoto e tsunami, que ocorreram em fevereiro, para 521, e revisando para baixo o número de pessoas desaparecidas.

NALU FERNANDES, Agência Estado

15 Maio 2010 | 16h21

"Nós adicionamos 35 vítimas depois de receber as certidões de óbito, elevando o número de mortos para 521", de acordo com informação publicada no site do Ministério do Interior.

Os dados oficiais anteriores, fornecidos em 7 de abril, colocavam o número de desaparecidos em 79, mas a revisão baixou o número para 56 pessoas.

O desastre, ocorrido em 27 de fevereiro, causou um prejuízo estimado em US$ 30 bilhões. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
terremoto Chile

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.