Chuvas desalojam mais de 16 mil argentinos e uruguaios

O mau tempo continua a castigar a Argentina e o Uruguai. As inundações provocadas pelas fortes chuvas já obrigaram a saída de aproximadamente 12 mil argentinos de suas casas e de quatro mil uruguaios, segundo a Defesa Civil de ambos os países. As enchentes nos rios Uruguai e Paraná alagaram vários municípios das províncias argentinas de Chaco e Entre Rios e já afetam outras regiões do país.

MARINA GUIMARÃES, Agencia Estado

25 Novembro 2009 | 18h39

Várias cidades e povoados sofreram com o corte de energia elétrica. Segundo a polícia, até o momento foram registradas duas mortes. O Serviço Nacional de Meteorologia prevê mais tempestades para hoje e amanhã, o que pode piorar a situação em ambos os países. Em Artigas, no Uruguai, na fronteira com o Brasil, quase duas mil pessoas já tiveram que sair de suas casas. As informações são das agências internacionais.

Mais conteúdo sobre:
chuvas Uruguai Argentina desalojados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.