1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Clérigo xiita convoca iraquianos a defender o país

Agência Estado

13 Junho 2014 | 10h 25

O influente clérigo xiita Abdul-Mahdi al-Karbalaie convocou os iraquianos nesta sexta-feira a defender seu país dos militantes que já tomaram grandes partes da área sunita do Iraque em províncias ao nordeste de Bagdá.

O xeque al-Karbalaie disse aos fiéis que é um dever cívico combater a ameaça enfrentada pelo Iraque. Ele representa o grande aiatolá Ali al-Sistani, o mais reverenciado líder espiritual xiita do Iraque. "Os cidadãos podem carregar armas e lutar contra os terroristas na defesa de seu país, de seu povo e de seus lugares sagrados e devem ser voluntários e se unir às forças de segurança", afirmou al-Karbalaie said.

Rupert Colville, porta-voz do Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos, disse aos jornalistas em Genebra que o número de pessoas mortas nos últimos dias é de algumas centenas e que os feridos devem ter chegado a 1 mil.

Ele disse que a Alta Comissária da agência, Navi Pillay, pretende emitir um comunicado ainda nesta sexta-feira expressando seus temores a respeito da rápida deterioração da segurança no Iraque. Segundo Colville, a agência recebeu relatos de que soldados do Exército iraquiano e 17 civis foram mortos por militantes numa rua de Mosul.

O clérigo xiita Muqtada al-Sadr e a milícia também xiita Asaib Ahl al-Haq Shiite prometeram defender locais sagrados xiitas, o que eleva a possibilidade de confrontos de rua e assassinatos sectários. Fonte: Associated Press.