1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Coalizão do Japão aprova Exército mais influente

AE - Agência Estado

01 Julho 2014 | 03h 32

A coalizão governista do Japão concedeu aprovação formal para reinterpretar a Constituição e permitir que o Exército defenda outras nações com base no que é conhecido como "autodefesa coletiva".

O gabinete de ministros deve endossar a decisão ainda nesta terça-feira, constituindo uma das maiores mudanças à política de segurança do Japão desde a 2ª Guerra Mundial. O texto foi escrito após a guerra, durante a ocupação por forças norte-americanas, como um modo de evitar uma nova invasão e ocupação japonesa na Ásia.

O primeiro-ministro Shinzo Abe tem citado um ambiente mais desafiador na segurança, incluindo a ascensão da China e as ameaças nucleares da Coreia do Norte, para aprovar a mudança. Fonte: Associated Press.