Colisão de helicópteros mata dois soldados em Bagdá

Uma colisão envolvendo dois helicópteros das forças americanas matou dois soldados e feriu outros neste sábado, em Bagdá. O motivo do acidente ainda não é conhecido. Desde maio de 2003, já se perderam 27 helicópteros no país, a maioria abatida por rebeldes. O sábado no Iraque foi marcado por ações contra cinco igrejas da capital. Templos em quatro bairros foram alvo de bombas caseiras. Não houve vítimas, mas os ataques alarmaram a minoria cristã do país, cerca de 800 mil. Em agosto, ataque similar matou 12 pessoas. Também hoje, rebeldes lançaram morteiros contra o hospital Ibn al-Betar, matando um funcionário e ferindo outras pessoas. Também foi atacado no sábado o Hotel Mansour, que abriga a embaixada chinesa. Esta ação não deixou vítimas.

Agencia Estado,

16 Outubro 2004 | 19h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.