Começam as eleições nos Estados Unidos

A eleição presidencial americana já começou. Quatro Estados - Flórida, Texas, Colorado e Arkansas - abriram nesta segunda-feira centros especiais para votação antecipada em um número limitado de distritos. Outros Estados abriram centros de recepção de votos por correspondência de eleitores que estão fora de seu distrito eleitoral. O dia oficial da eleição é 2 de novembro. O pai e a mãe do presidente, George H. Bush e Barbara Bush, votaram hoje num centro eleitoral de Houston, no Texas. De bom humor, o casal brincou com eleitores na fila antes de entrarem na cabine de votação. A possibilidade de antecipar a votação em alguns Estados é uma novidade em relação às eleições americanas anteriores e tem dois objetivos principais: responder ao grande aumento do número de eleitores registrados e reduzir a abstenção. Em 2000, só 51% dos eleitores exerceram seu direito ao voto. Em 1996, o comparecimento ficou abaixo dos 50%. Na Flórida, onde os candidatos republicano e democrata, George W. Bush e John Kerry, mantêm a disputa voto a voto, a votação já começou confusa, segundo assinalou o jornal The Miami Herald. As novas máquinas de votação - que substituem as antigas perfuradoras de cartão e foram o pivô da controvérsia da última eleição no Estado - apresentaram problemas de conexão com a base de dados da Justiça Eleitoral. Em alguns distritos, o sistema não confirmava o registro de muitos eleitores e os que conseguiam chegar às urnas só o faziam após duas horas de espera. No Condado de Hallandale Beach, entre 20 e 30 eleitores que se dirigiram ao centro de votação foram para casa depois que seus registros não foram confirmados pelos computadores. Os problemas num Estado onde a disputa é tão acirrada como é na Flórida podem dar margem a recursos judiciais posteriores, de acordo com analistas. A Flórida, governada por Jeb Bush, irmão do presidente, garantiu a vitória de George W. Bush em 2000 por apenas 537 votos. Além disso, de acordo com uma análise do jornal Orlando Sentinel, os quatro furacões que abalaram o Estado entre agosto e setembro tiraram o ânimo dos eleitores irem às urnas, principalmente os eleitores de Bush. Kerry está na Flórida desde o domingo à noite e Bush chegou ao Estado nesta segunda-feira. A disputa também é apertada em pelo menos outros 11 Estados, principalmente do Meio-Oeste, que devem decidir a eleição. Os dois estão tecnicamente empatado em todas as pesquisas de opinião, com exceção da sondagem USA Today/CNN, que dá Bush com 52% e Kerry com 44%. Na pesquisa diária de tendência Reuters/Zogby, ambos os candidatos têm 45%.

Agencia Estado,

18 Outubro 2004 | 19h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.