Comunidade judaica encontra o Papa e celebra convivência com os católicos

Encontro marca o final das comemorações brasileiras dos 50 anos da declaração Nostra Aetate, que aproximou judeus e católicos

O Estado de S.Paulo

21 Outubro 2015 | 20h28

O papa Francisco recebeu nesta quarta-feira, 21 de outubro, no Vaticano, lideranças da comunidade judaica mundial. O Brasil foi representado por Fernando Lottenberg, presidente da Conib, e Michel Schlesinger, rabino da CIP e representante da Conib para o Diálogo Inter-Religioso.

 

"Que esta visita a Roma vos ajude a estar prontos, como Abraão, a sair cada dia para a terra de Deus e do homem, revelando-vos um sinal do amor de Deus por todos os seus filhos", saudou o papa. 

O encontro marcou o final das comemorações brasileiras dos 50 anos da declaração Nostra Aetate, que aproximou judeus e católicos após 2 mil anos. Lottenberg entregou ao papa uma carta em que pede tolerância e entendimento entre as religiões. A delegação da Conib foi acompanhada pelo cardeal Dom Odilo Scherer.

 

O ano de 2015 foi de muita convivência e diálogo entre a comunidade judaica brasileira e a Igreja. Em abril, Schlesinger e Scherer conversaram sobre cooperação no combate ao fanatismo contra cristãos e judeus.

Mais conteúdo sobre:
Catolicismo judaísmo papa Francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.