AP Photo/Juan Carlos Hernandez
AP Photo/Juan Carlos Hernandez

Constituinte na Venezuela antecipa para outubro eleições regionais

Na quinta-feira, o líder chavista Diosdado Cabello havia dito que os candidatos da oposição deveriam ter um 'certificado de boa conduta' para essas eleições que aconteceriam, inicialmente, em dezembro

O Estado de S.Paulo

12 Agosto 2017 | 17h08

CARACAS - As eleições regionais na Venezuela serão realizadas em outubro e não em dezembro como o previsto, segundo ordenou neste sábado, 12, a Assembleia Constituinte que rege o país como um "suprapoder" desde a semana passada.

A Constituinte decretou "reprogramar para o mês de outubro de 2017 o processo eleitoral para escolher governadores" de Estado, segundo um acordo aprovado por unanimidade pelos constituintes e lido por um dos vice-presidentes do órgão, Isaías Rodríguez.

Na quinta-feira, o líder chavista Diosdado Cabello informou que os candidatos da oposição venezuelana à eleição de governadores, prevista inicialmente para 10 de dezembro, deverão ter um "certificado de boa conduta" emitido pela Assembleia Constituinte.

"Quem quiser concorrer deverá ter um certificado de boa conduta da Assembleia Nacional Constituinte (...), um certificado que diga que você nunca propôs queimar a Venezuela", declarou Cabello em seu programa semanal de televisão. / AFP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.