KCNA/Reuters
KCNA/Reuters

Coreia do Norte afirma que voltará a lançar satélites ao espaço

Último lançamento ocorreu em 7 de fevereiro de 2016; Seul vê anuncio como 'provocação'

O Estado de S.Paulo

07 Fevereiro 2017 | 03h24

SEUL - A Coreia do Norte afirmou nesta terça-feira, 7, que voltará a enviar satélites ao espaço. Nessa data, completa-se um ano do último lançamento de um foguete espacial pelo regime de Pyongyang, que foi considerado pela comunidade internacional como um teste de míssil.

"Lançaremos mais satélites quando e onde decidir o Partido dos Trabalhadores", afirmou nesta terça o jornal Rodong, o periódico oficial do regime que Kim Jong-un lidera.

Em 7 de fevereiro de 2016, Pyongyang levou a cabo o até agora último lançamento de um foguete espacial. O suposto teste de míssil, unido a uma prova nuclear realizada no mês anterior, fez com que a ONU impusesse novas e mais estritas sanções ao regime comunista.

O primeiro-ministro e presidente interino da Coreia do Sul, Hwang Kyo-ahn, crê que o Norte "poderia estar preparando novas provocações" no próximo dia 16, quando se comemora o 75º aniversário do líder norte-coreano Kim Jong-il, morto em 2011.

Esta celebração, conhecida como "Dia da Estrela Brilhante" em homenagem ao pai do atual ditador, é uma das festividades mais importantes da Coreia do Norte. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.