Lee Jin-man/AP Photo
Lee Jin-man/AP Photo

Coreia do Norte expõe armamento militar em desfile

País aproveita a comemoração do aniversário se seu fundador para intimidar Estados Unidos

O Estado de S.Paulo

15 Abril 2017 | 01h51

SEUL - Além de marcar o 105º aniversário do nascimento de Kim Il-Sung, fundador da Coreia do Norte, o desfile deste sábado, 15, tem como objetivo fazer uma demonstração da força e enviar uma mensagem a Washington, Seul, Tóquio e outros países sobre a capacidade militar do país.

O canal CNN mostrou que, além das milhares de pessoas em passos sincronizados, cores diversas e aviões com voos performáticos no céu coreano, equipamentos militares foram colocados à mostra durante o desfile. Entre os vários mísseis balísticos, havia um novo modelo intercontinental (ICBM) de combustível sólido nunca antes mostrado ao público.

Depois de analisar a guarda de honra, Kim Jong-Un, vestido com um traje preto, supervisionou as tropas que desfilariam pela praça Kim Il-Sung, junto com as máximas autoridades militares do país, conforme mostrou uma rede de televisão coreana.

Choe Ryong Hae, vice-presidente da Comissão de Assuntos de Estados, disse que a Coreia do Norte está preparada para qualquer ataque. “Estamos preparados para responder a uma guerra total com uma guerra total e estamos prontos para responder com ataques nucleares próprios a qualquer ataque nuclear”, disse antes do desfile.

Pyongyang tem sido objeto de várias resoluções da ONU que buscam impedir que o país adote uma tecnologia nuclear e balística. Com frequência, o país faz ensaios com a intenção de fazer um míssil intercontinental chegar aos Estados Unidos.

Coreia do norte já realizou cinco testes nucleares, dois do ano passado. Uma análise de imagens por satélite sugere que um sexto teste pode vir em breve. Segundo observadores, o país poderia aproveitar o desfile para realizar um novo disparo de míssil balístico ou, até mesmo, um sexto teste nuclear. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.