Corte garante imunidade a Chirac

Uma corte francesa decidiu hoje que o presidente Jacques Chirac tem imunidade presidencial e não poderá ser interrogado em uma investigação de corrupção aberta contra ele. Chirac é investigado por "apropriação indébita" de dinheiro quando foi prefeito de Paris entre 1977 e 1995. Agora que a questão da imunidade foi resolvida, Chirac pretende se candidatar para um novo mandato nas eleições do ano que vem.

Agencia Estado,

10 Outubro 2001 | 06h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.