Desculpa do McDonald´s não elimina processo

O advogado que entrou com os três processos contra o McDonald´s no caso das batatas fritas com ingredientes de carne informou hoje que não adianta a empresa pedir desculpas. Harish Bharti disse que sustentará a acusação judicial nos Tribunais Superiores de King County, British Columbia e Califórnia. Ele também discordou dos termos do comunicado da empresa de fast-food. "No meu ponto de vista, ´confusão´ não é o termo apropriado", disse. "Eles lançaram uma campanha de mídia que decepcionou". O pedido de desculpas McDonald´s foi colocado em seu site depois que dois hindus, cuja religião não permite comer carne bovina, e um vegetariano entraram com processo contra a empresa. Eles alegam que não há comunicado do McDonald´s em seus cardápios que mostre que as batatas fritas feitas pela companhia levam ingredientes de carne bovina. "Nossa política é de comunicar nossos clientes dos ingredientes. Lamentamos se as informações dadas não atenderam suficientemente as expectativas", informa a nota. "Se houve confusão, nós pedimos desculpas". O processo leva em conta a publicidade do McDonald´s de 1990, que informa que as batatas fritas são feitas em óleo vegetal.

Agencia Estado,

25 Maio 2001 | 16h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.