1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Dois vulcões entram em erupção na Rússia

AE - Agência Estado

28 Outubro 2010 | 16h 31

Dois vulcões entraram em erupção no extremo leste da Rússia hoje, na Península de Kamchatka, no Pacífico, emitindo enormes colunas de fumaça que desviram os voos e cobriram pelo menos uma cidade com espessas cinzas. O Klyuchevskaya Sopka, o mais alto vulcão ativo na Eurásia, explodiu, bem como o vulcão Shiveluch, que fica 70 quilômetros ao noroeste da montanha de Klyuchevskaya, informou o Ministério de Situações Emergenciais da Rússia, acrescentando que os voos comerciais tiveram que ser desviados da região.

Nuvens de fumaça e cinzas dos vulcões subiram a uma altitude de 10 quilômetros e se moviam na direção leste, para dentro do Oceano Pacífico, disse a vulcanologista Sergei Senyukov ao canal de televisão 24, da Rússia. Torrentes de lava desciam das encostas do Shiveluch.

O Centro de Alertas sobre Cinzas Vulcânicas, em Tóquio, emitiu um alerta para os pilotos dos aviões ficarem atentos por causa das cinzas, embora o Aeroporto de Narita, na capital japonesa, tenha informado que nenhum voo foi desviado por causa das colunas de cinzas.

Jen Burke, uma meteorologista na Unidade de Aviação do Alasca (EUA), disse que as cinzas da erupção do Shiveluch estavam se movendo através do Mar de Bering, a uma altura de 7.620 metros. A nuvem de cinzas poderá ficar no caminho dos aviões que voam da América do Norte para a Ásia via Alasca. "Até agora, não é uma situação difícil porque as cinzas se movem ao norte das Ilhas Aleutas. Os aviões podem voar ao sul das Aleutas sem perigo", afirmou.

A Península de Kamchatka tem dezenas de vulcões ativos. O Ministério de Situações Emergenciais disse que um terceiro vulcão, Gorely, começou a expelir fumaça e poderá entrar em erupção a qualquer momento. O Gorely fica 70 quilômetros ao sul da capital de Kamchatka, Petropavlovsk-Kamchatsky. As informações são da Associated Press.