1. Usuário
Assine o Estadão
assine

El Salvador: dois candidatos declaram vitória em eleição

SAN SALVADOR - Agência Estado

10 Março 2014 | 12h 20

A pequena diferença de votos na eleição presidencial em El Salvador levou os dois candidatos ao segundo turno a reivindicar a vitória.

Norman Quijano, o candidato do conservador Aliança Republicana Nacionalista (Arena), disse que seu partido estava em "pé de guerra" e prometeu "lutar com as nossas vidas, se necessário" para defender o que diz ser sua vitória. Mas Salvador Sanchez Ceren, candidato de esquerda do atual partido governista Fronte Nacional de Liberação Farabundo Marti, também se declarou vitorioso. "Os homens e mulheres de El Salvador são quem decide, e, se você não aceita o resultado, está violando a vontade da população", destacou Ceren. "Eu digo a meu adversário, ao seu partido que meu governo irá recebê-los de braços abertos, para que juntos possamos construir um novo país."

Os resultados preliminares de quase todas as estações de voto na segunda-feira apontavam que Quijano está a alguns milhares de votos atrás de Ceren. A margem de 6.634 votos representava pouco mais de 0,2% dos aproximadamente 3 milhões de votos apurados.

O presidente do Tribunal Supremo Eleitoral de El Salvador, Eugenio Chicas, disse que a disputa foi "extremamente apertada" e que nenhum candidato poderia alegar vitória. "Este tribunal ordena a nenhuma das partes se declarar vencedora, à luz de resultados que são tão próximos que apenas a contagem final pode decidir", disse Chicas, acrescentando que "a margem é tão estreita que pedimos prudência". Ele disse que a contagem final dos votos começaria na segunda-feira. Fonte: Associated Press