Eleição ganha interesse de universitários americanos

Pesquisas mostram que os universitários norte-americanos estão mais interessados - e até engajados - nestas eleições. Estudo produzido pela Universidade de Harvard mostrou que 91% dos alunos estão se importando realmente com quem ocupará a Casa Branca, enquanto 87% disseram considerar política um assunto importante, um índice 20% maior do que em 2000. Três entre quatro estudantes consultados pelo Instituto de Política de Harvard disseram que se registraram para votar nestas eleições, e grande parte deles afirmou ter sido contatada no campus por colegas militantes de um ou outro partido. "O número de estudantes que pretende votar cresceu significativamente", admira-se Phillip Sharp, diretor do instituto. No Estado de Minnesota, tanto os republicanos quanto os democratas tiveram um crescimento notável no número de voluntários entre os alunos do ensino superior. Os democratas têm pelo menos 7 mil universitários em ação nos campi do Estado; os republicanos relatam um número três vezes maior do que em 2000.

Agencia Estado,

31 Outubro 2004 | 14h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.