Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Internacional

Internacional » Embaixador brasileiro retornará para Israel após trégua ilimitada

Internacional

Embaixador brasileiro retornará para Israel após trégua ilimitada

Henrique Sardinha Pinto estava no Brasil desde julho, quando foi chamado para consultas sobre ataques israelenses em Gaza

0

Lisandra Paraguassu,
O Estado de S. Paulo

28 Agosto 2014 | 14h42

BRASÍLIA - O embaixador brasileiro em Israel, Henrique Sardinha Pinto, recebeu nesta quinta-feira, 28, a determinação da Presidência da República de voltar para Tel-Aviv e deve viajar até o final desta semana. Essa é uma resposta do governo brasileiro à trégua formal acertada entre Israel e o Hamas, encerrando os ataques à Faixa de Gaza.

Sardinha Pinto estava no Brasil desde o final de julho, quando o Itamaraty o chamou para consultas como uma forma de mostrar a insatisfação diante do que classificou como ataques desproporcionais das forças israelenses ao território palestino. A retirada do embaixador causou uma crise diplomática entre os dois governos, quando o porta-voz israelense, Yigal Palmor, classificou o Brasil de "anão diplomático".

Há 20 dias, o recém-eleito presidente de Israel, Reuven Rivlin, telefonou para a presidente Dilma Rousseff para pedir desculpas em nome de seu governo. A atitude não foi aprovada por unanimidade pelo governo israelense, mas foi bem-vista pelo Brasil, que já havia decidido enterrar o assunto.

Ainda assim, o embaixador brasileiro continuou em Brasília. A condição para seu retorno, independentemente da crise diplomática, era a obtenção de uma trégua duradoura entre Israel e o Hamas.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.