Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Internacional

Internacional » Embaixador venezuelano na ONU critica Obama

Internacional

AP Photo/Bebeto Matthews

Embaixador venezuelano na ONU critica Obama

De acordo com Rafael Ramírez, as relações bilaterais entre Caracas e Washington estão no ponto mais baixo dos últimos anos

0

O Estado de S. Paulo

17 Março 2016 | 20h39

NOVA YORK - O embaixador da Venezuela na ONU, Rafael Ramírez, acusou nesta quinta-feira, 17, o governo dos Estados Unidos de tentar confundir e dividir a América Latina, dando as costas para o continente. As declarações foram dadas dias antes da chegada do presidente americano, Barack Obama, a Cuba - tradicional aliado de Caracas. 

"Com uma mão alivia as sanções a Cuba e com a outra pretende nos deixar de joelho", disse Ramírez em entrevista á agência Efe. "A política americana alimenta setores violentos da oposição venezuelana. Além disso, eles seguem acreditando que são a polícia do mundo."

O diplomata, ex-presidente da PDVSA, elogiou Obama por retomar laços com Cuba, mas qualificou de contraditória a atitude do presidente, que renovou a sanções contra autoridades chavistas. Ainda de acordo com ele, as relações bilaterais entre Caracas e Washington estão no ponto mais baixo.

"Há muita desinformação e manipulação e grandes interesses envolvidos", concluiu o embaixador. / EFE

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.