1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Embaixador venezuelano na ONU critica Obama

- Atualizado: 17 Março 2016 | 20h 44

De acordo com Rafael Ramírez, as relações bilaterais entre Caracas e Washington estão no ponto mais baixo dos últimos anos

NOVA YORK - O embaixador da Venezuela na ONU, Rafael Ramírez, acusou nesta quinta-feira, 17, o governo dos Estados Unidos de tentar confundir e dividir a América Latina, dando as costas para o continente. As declarações foram dadas dias antes da chegada do presidente americano, Barack Obama, a Cuba - tradicional aliado de Caracas. 

"Com uma mão alivia as sanções a Cuba e com a outra pretende nos deixar de joelho", disse Ramírez em entrevista á agência Efe. "A política americana alimenta setores violentos da oposição venezuelana. Além disso, eles seguem acreditando que são a polícia do mundo."

Embaixador venezuelano na ONU, Rafael Ramírez, diz que país defenderá soberania à frente do CS

Embaixador venezuelano na ONU, Rafael Ramírez, diz que país defenderá soberania à frente do CS

O diplomata, ex-presidente da PDVSA, elogiou Obama por retomar laços com Cuba, mas qualificou de contraditória a atitude do presidente, que renovou a sanções contra autoridades chavistas. Ainda de acordo com ele, as relações bilaterais entre Caracas e Washington estão no ponto mais baixo.

"Há muita desinformação e manipulação e grandes interesses envolvidos", concluiu o embaixador. / EFE

Fim de semana de protestos na Venezuela
EFE/MIGUEL GUTIÉRREZ
Protestos na Venezuela

Grupo de manifestantes contrários ao presidente Nicolás Maduro pedem sua renúncia em ato em Caracas 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em InternacionalX