1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Emirados Árabes proíbem viagens ao Líbano; Arábia Saudita chama cidadãos de volta

- Atualizado: 23 Fevereiro 2016 | 21h 26

Riad já havia cortado ajuda ao Exército libanês em resposta à crescente influência do Hezbollah

Os Emiratos Árabes Unidos proibiram nesta terça-feira a seus cidadãos viagens ao Líbano e ordenaram uma redução de sua presença diplomática em Beirute.

Estas medidas foram anunciadas pouco depois que a Arábia Saudita solicitou a seus cidadãos que evitem viajar a Beirute e aconselhou que os sauditas no Líbano retornem a seu país.

Riad havia decidido cortar uma ajuda de US$ 3 bilhões ao Exército libanês como resposta à crescente influência do Hezbollah.

Riad realizou na sexta-feira uma "avaliação total de suas relações com a República libanesa e expressou seu descontentamento com o fato de as autoridades do Líbano não terem condenado as "agressões" contra suas delegações diplomáticas no Irã. / AFP

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em InternacionalX