Assine o Estadão
assine

Internacional

Estado Islâmico

Estado Islâmico executa homem convertido ao cristianismo em Bangladesh

Em seu comunicado, o EI afirma que o assassinato "é uma lição para os demais", segundo o SITE Intelligence Group, que observa a atividade de radicalizados na internet

0

O Estado de S. Paulo

23 Março 2016 | 12h24

O grupo Estado Islâmico (EI) reivindicou o assassinato de um homem que se converteu ao cristianismo no norte de Bangladesh, segundo comunicado divulgado no Twitter.

De acordo com a polícia, os agressores mataram a facadas Hossain Ali, de 68 anos, que deixou o Islã para virar cristão em 1999.

Em seu comunicado, o EI afirma que o assassinato "é uma lição para os demais", segundo o SITE Intelligence Group, que observa a atividade de radicalizados na internet.

O EI chama Ali de infiel por ter "mudado de religião e se convertido em pregador da politeísta cristandade".

Os agressores capturaram Ali na cidade de Kurigram e cortaram seu pescoço, segundo a polícia. Além disso, jogaram um coquetel molotov para semear o pânico e fugiram de moto. / AFP 

Mais conteúdo sobre:

Comentários