1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Estado Islâmico toma base militar no nordeste da Síria

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2014 | 15h 13

Beirute, 24/08/2014 - Militantes do Estado Islâmico capturaram uma grande base aérea militar no nordeste da Síria neste domingo, eliminando o último bastião do governo de Bashar al-Assad na região. A operação para tomar a base de Tabga, localizada a 45 quilômetros da cidade de Raqqa, foi iniciada na semana passada. A unidade contém diversos esquadrões de aviões e helicópteros, além de tanques e artilharia pesada.

Após diversas tentativas frustradas de invadir a unidade nos últimos dias, os jihadistas do Estado Islâmico conseguiram tomar a base neste domingo, segundo confirmou o grupo Observatório Sírio de Direitos Humanos. Apesar dos ataques aéreos promovidos pelas tropas de Assad, os rebeldes conseguiram dominar Tabga, matando dezenas de soldados. "Isso torna a província de Raqqa a primeira a cair inteiramente nas mãos dos rebeldes", diz Rami Abdurrahman, diretor do Observatório. Outro grupo de ativistas, conhecido como Comitês de Coordenação Local, também confirmou a informação.

A emissora estatal de TV da Síria, SANA, reconheceu que o governo perdeu o controle da base, mas afirmou que as tropas estão se reagrupando.

Após tomar o controle de boa parte do norte e oeste do Iraque em junho e declarar o estabelecimento de um califado, o Estado Islâmico tem conseguido consolidar seu domínio sobre a região e conquistar grandes porções do nordeste da Síria. No mês passado o grupo conquistou a base militar da Divisão 17, em Raqqa, matando 85 soldados. Dias depois, eles tomaram o controle da base da Brigada 93. Fonte: Associated Press.