AP Photo/Susan Walsh
AP Photo/Susan Walsh

Estados Unidos avaliam novas sanções aos aliados de Assad na Rússia

Secretária da Casa Branca afirmou que punições são resposta ao uso contínuo de armas químicas; decisão será tomada em breve

O Estado de S.Paulo

16 Abril 2018 | 12h48

WASHINGTON - A Casa Branca afirmou nesta segunda-feira, 16, que uma decisão sobre nova sanções econômicas contra a Rússia será feita em breve, mas não prometeu um anúncio hoje, o que era esperado pela embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley. A secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, disse em um comunicado que "Estamos considerando sanções adicionais à Rússia e uma decisão será tomada no futuro próximo".

Haley afirmou no domingo, 15, que novas sanções viriam contra a Rússia por ter permitido que o governo do líder sírio Bashar al-Assad continuasse utilizando armas químicas. "Todos vão sentir os efeitos neste momento", disse Haley, alertando para as consequências que os aliados externos de Assad devem sofrer. "O fato de que ele estava tornando isso [uso de armas químicas] normal e que a Rússia estava encobrindo tudo, isso tem que parar", ressaltou. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.