JACK GUEZ / AFP
JACK GUEZ / AFP

EUA ameaçam retirar apoio a Israel na ONU após vitória de Bibi

Premiê venceu eleições israelenses após prometer barrar criação de Estado palestino e criticar participação eleitoral de cidadãos árabes

O Estado de S. Paulo

19 Março 2015 | 16h07

WASHINGTON -  A Casa Branca informou nesta quinta-feira, 19, que o governo americano reavaliará seu apoio a Israel nas Nações Unidas, dois dias depois de o primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, ter vencido as eleições no país com a promessa de barrar a criação de um Estado palestino.

 " As decisões tomadas pelos Estados Unidos na ONU tem como base a ideia de uma solução de dois Estados ( para o conflito entre israelenses e palestinos)", disse o porta-voz da Casa Branca Josh Earnest. "Agora que nosso aliado diz que não está mais comprometido com essa solução temos de rever nossa posição."

Ainda de acordo com o porta-voz, nenhuma decisão foi tomada nesse sentido. 

Mais cedo, Netanyahu recuou das suas declarações na campanha eleitoral em entrevista à rede de TV americana MSNBC. "Ainda quero uma solução sustentável e pacífica de dois Estados", disse o premiê. "Mas a insistência da liderança palestina em não reconhecer Israel como Estado judaico e sua aliança com o Hamas tornam isso impossível no momento." /AFP

Mais conteúdo sobre:
EUA Israel palestinos ONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.