EUA deslocam tropas de apoio para o Uzbequistão

Os Estados Unidos estão deslocando mil soldados para o Uzbequistão, na maior operação terrestre na região após o ataque terrorista em Nova York e Washington em 11 de setembro, relatou a BBC. A 10ª Divisão de Montanhas de elite deixou a base de Fort Drum, em Nova York, para o Uzbequistão para prover proteção a uma possível operação dos EUA nos países vizinhos ao Afeganistão. Segundo a BBC, as informações são de um oficial que acompanha o Secretário da Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld, na visita ao Uzbequistão, como parte dos esforços dos EUA e da Inglaterra para fortalecer a coalizão internacional contra o terrorismo. O presidente do Uzbequistão, Islam Karimov, disse que concedeu permissão às forças dos EUA para utilização de uma base aérea no país, segundo disseram oficiais dos EUA à agência Associated Press. Em entrevista conjunta com Rumsfeld, Karimov disse que a base aérea pode servir a aviões de transporte norte-americanos, helicópteros e tropas em missões de busca e resgate. Karimov ressaltou, no entanto, que as forças norte-americanas no Uzbequistão não deveriam ser utilizadas para o lançamento de ataques terrestres ou aéreos. Ele disse ainda que soldados de operações especiais dos EUA não serão permitidos no Uzbequistão. "Nós não estamos preparados para isso", disse.

Agencia Estado,

05 Outubro 2001 | 11h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.