1. Usuário
Assine o Estadão
assine


EUA divulgam os nomes de 55 presos em Guantánamo

AE - Agência Estado

21 Setembro 2012 | 19h 49

Os detidos deverão ser transferidos para outros países; atualmente, 167 pessoas estão na prisão em Cuba

WASHINGTON - O governo dos Estados Unidos divulgou nesta sexta-feira, 21, os nomes de 55 dos 167 detidos que estão atualmente na prisão da base naval de Guantánamo, em Cuba. Eles deverão ser transferidos do local para outros países. Em um documento entregue a um tribunal federal em Washington, advogados do governo disseram que os nomes dos detentos podem ser publicados.

Veja também:

link Identificado prisioneiro que morreu em Guantánamo

link Preso morre na base americana de Guantánamo

Em seu segundo dia como presidente em 2009, Barack Obama emitiu uma ordem para fechar a prisão em Guantánamo até janeiro de 2010 e montou uma força-tarefa para analisar a situação de cada prisioneiro que estava na base. Mas as ordens de Obama rapidamente foram contestadas pelo Congresso dos EUA, onde representantes (deputados) levantaram questões de segurança.

A Casa Branca aceitou as restrições do Congresso, as quais limitavam a transferência de detentos de Guantánamo para outros países ou para prisões em território norte-americano. No documento apresentado hoje, advogados do governo disseram que 28 detentos foram enviados aos países de origem desde 2009, enquanto 40 foram transportados a terceiros países.

Com Dow Jones