AP Photo/Fernando Llano
AP Photo/Fernando Llano

EUA incluem vice da Venezuela na lista de sanções

A ação congela qualquer ativo de El-Aissami nos Estados Unidos, e deve gerar novas tensões entre ambos os países

O Estado de S. Paulo

13 Fevereiro 2017 | 20h58

O vice-presidente da Venezuela, Tareck el-Aissami, foi incluído na lista de sanções do Departamento do Tesouro americano por suposto auxílio a traficantes de drogas e terroristas do Oriente Médio.

A ação congela qualquer ativo de El-Aissami nos Estados Unidos, e deve gerar novas tensões entre ambos os países. Donald Trump, presidente dos EUA, prometeu defender os venezuelanos da "opressão" em sua campanha presidencial.

El-Aissami, de 42 anos, é investigado por promotores federais por supostamente ajudar envios de drogas aos EUA da Venezuela. Em menos de duas décadas, ele passou de ativista estudantil para o segundo homem mais poderoso do país sob a presidência de Nicolás Maduro, com poderes para alocar moeda estrangeira, expropriar companhias e encarcerar desafetos. / Dow Jones Newswires

Mais conteúdo sobre:
EUA Venezuela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.