1. Usuário
Assine o Estadão
assine

EUA justificam mortes por drones em memorando

AE - Agência Estado

24 Junho 2014 | 00h 06

O governo dos EUA publicou um memorando até então secreto que apresenta justificativas para o uso de drones em ataques contra suspeitos de terrorismo no exterior. A publicação ocorreu por ordem judicial.

O memorando de 41 páginas foi editado por questões de segurança nacional e, portanto, várias páginas e passagens foram apagadas. No entanto, o texto argumenta que a morte de civis norte-americanos é permitida sob a lei de 2011, aprovada pelo Congresso logo após o atentado de 11 de setembro. Essa lei permite ao presidente atacar organizações que planejam e cometem ataques.

Entre as justificativas, o documento ofereceu fundamentação legal para a morte de Anwar Al-Awlaki, líder da Al-Qaeda nascido nos EUA e morto em setembro de 2011, no Iêmen. Ele esteve envolvido em um ataque frustrado contra os EUA e planejava outros ataques a partir de sua base, no Iêmen, afirmou o documento. O texto afirmou que a operação do Departamento de Defesa estava em linha com a autorização do Congresso para usar força "necessária e apropriada" contra uma lista de indivíduos. Fonte: Associated Press.