EUA pedem que governo do Sri Lanka proteja minorias

Os Estados Unidos pediram que governo do Sri Lanka proteja as minorias religiosas no país depois de radicais budistas lançarem ataques mortais contra muçulmanos.

AE, Agência Estado

17 Junho 2014 | 16h21

A porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki, também pediu ao governo da ilha asiática a conduzir uma completa investigação e punir os responsáveis pela violência com justiça.

Autoridades do Sri Lanka disseram que três muçulmanos foram mortos e dezenas feridos em ataques na madrugada de segunda-feira no sudoeste do país.

O presidente Mahinda Rajapaksa prometeu uma investigação completa sobre a violência.

O Sri Lanka é profundamente marcado pela guerra civil que durou 25 anos e se encerrou em 2009 entre a maioria budista Sinhalese e os rebeldes da etnia Tamil, que são de maioria Hindu. A violência entre budistas e muçulmanos é relativamente rara. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUA Sri Lanka

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.