EUA vão barrar estrangeiros ligados ao terrorismo

O presidente norte-americano George W. Bush deve anunciar nesta segunda-feira a criação de um esforço conjunto entre agências do governo para evitar que estrangeiros que apóiam o terrorismo entrem nos EUA, disse o porta-voz da Casa Branca, Ari Fleischer. "O presidente vai anunciar a criação de forças conjuntas para ajudar as agências do governo a trabalhar para evitar que estrangeiros que apóiam o terrorismo entrem nos EUA e o presidente falará a essas agências para que trabalhem juntas para localizar, deter, processar e deportar qualquer estrangeiro que já esteja aqui e mantenha relação com o terrorismo", disse Fleischer. Leia o especial

Agencia Estado,

29 Outubro 2001 | 14h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.