1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Exército e jovens se enfrentam na Libéria

Estadão Conteúdo

20 Agosto 2014 | 21h 22

Soldados liberianos atiraram contra uma multidão de jovens que tentavam escapar nesta quarta-feira da quarentena que cercou um bairro da capital Monróvia afetado pela epidemia de Ebola. Segundo moradores da favela de West Point, um grupo de garotos tentava forçar a passagem através de uma linha de soldados quando os disparos começaram.

"Nem mesmo um tiro de advertência", contou Lawrence Kollie, que disse estar presente na cena. "Eles estavam atirando diretamente na multidão." Os jovens reclamavam que não havia comida suficiente no bairro e alguns suspeitavam que ao menos uma autoridade do governo havia sido retirada da área antes do confinamento.

O conflito evidencia os sinais de que a crise de saúde pública está se tornando uma crise de segurança na Libéria, um país ainda marcado pelas tensões de uma guerra civil que durou 14 anos. O Ministro das Informações, Lewis Brown, não retornou as ligações para comentar o caso. Fonte: Dow Jones Newswires.