1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Explosão mata pelo menos 21 pessoas na capital da Nigéria

REUTERS

25 Junho 2014 | 17h 24

Pelo menos 21 pessoas foram mortas e 17 ficaram feridas quando uma explosão devastou um movimentado distrito de compras em Abuja, capital da Nigéria, no horário de pico desta quarta-feira, informou o porta-voz da polícia local, Frank Mba.

Não ficou claro de imediato o que causou a detonação, e ninguém assumiu a responsabilidade do atentado. Porém, o grupo militante islâmico Boko Haram tem atacado cada vez mais civis na sua sangrenta insurgência que já dura cinco anos.

É a terceira explosão de bomba em Abuja em três meses e ocorre no momento em que o governo nigeriano e o Exército enfrentam uma crescente indignação pública sobre a sua incapacidade de proteger os cidadãos contra ataques diários em todo o país, o mais populoso da África.

A explosão abalou uma área próxima do popular shopping center Banex Plaza, no rico distrito Wuse 2, pouco antes das 16h (12h em Brasília).

“Após uma investigação preliminar, podemos confirmar que 21 pessoas foram mortas e 17 ficaram feridas”, afirmou Mba a repórteres no local da explosão, acrescentando que um suspeito foi detido.

A Nigéria tem sido vitimada quase diariamente por bombas e ataques com armas, que muitos suspeitam serem obra do grupo Boko Haram, que matou milhares de pessoas desde 2009 na sua tentativa de fundar um Estado islâmico no norte.

(Reportagem de Camillus Eboh)