Explosão provoca ao menos 4 mortos e 20 feridos na Índia

Atentado aconteceu próximo a uma delegacia de polícia na região nordeste do país

Efe,

22 Novembro 2009 | 06h41

Pelo menos quatro pessoas morreram hoje e cerca de 20 ficaram feridas por causa da explosão de dois

artefatos colocados perto de uma delegacia da polícia no estado indiano nordeste de Assam, informou o superintendente da polícia Jitmol Doley, citado pela agência "PTI".

Segundo ele, três pessoas ficaram feridas quando uma bomba colocada em uma bicicleta nas proximidades de uma delegacia explodiu às 9h30 local (2h de Brasília) no distrito de Nalbari.

Poucos minutos depois, uma segunda bomba explodiu e tirou a vida de quatro pessoas, enquanto 17 ficaram feridas em frente a um estabelecimento de telefonia celular, cerca de 20 metros do local no qual se registrou a primeira explosão.

  

Fontes policiais, citadas pela agência "Ians", elevaram para cinco o número de vítimas fatais e a meia centena a de feridos na explosão em cadeia de três artefatos em um lapso de 40 minutos.

  

Os feridos mais graves foram levados para um hospital de Guwahati, a principal cidade da região, situada cerca de 100 quilômetros do lugar do ataque. Vários veículos estacionados na região das explosões foram danificados como consequência da deflagração.

  

Por enquanto se desconhece a autoria do ataque, mas as autoridades suspeitam do grupo separatista Frente Unida para a Libertação de Assam, que atua com frequência na região.

Tanto no Estado de Assam como em outras regiões do nordeste da Índia operam cerca de 20 grupos armados separatistas, que recorrem a ataques e atentados para fazer ouvir suas demandas.

 

Mais conteúdo sobre:
Índia, atentado, nordeste, país

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.