Explosivo é desativado pela polícia australiana em Brisbane

Duas pessoas foram detidas; a bomba estava dentro de uma caixa de papelão escondida em um carro

EFE

02 Abril 2018 | 03h10

SYDNEY - A polícia australiana desativou um explosivo caseiro que estava escondido em um veículo estacionado em um shopping center em Brisbane, na costa nordeste do país, em uma operação que resultou na prisão de duas pessoas.

A polícia do estado de Queensland, cuja capital é Brisbane, informou em um comunicado que o explosivo era "capaz de causar ferimentos graves", mas foi desativada depois que foi descoberta nesta manhã no shopping center Redbank.

+++ Austrália desmantela ‘complô terrorista’ que pretendia derrubar avião e prende 4 suspeitos

A bomba estava dentro de uma caixa de papelão e era "mais sofisticada que um coquetel molotov", disse o porta-voz da polícia Gareth James, que não disse se o detonador foi encontrado.

Na operação, um homem e uma mulher que estavam no veículo - que a polícia acredita ter sido roubado ou obtido por meio de uma fraude - foram presos e serão levados ao tribunal na terça-feira, 03.

+++ Adolescentes que tramavam ataque terrorista são presos na Austrália

A Polícia de Queensland está em alerta máximo para os Jogos da Commonwealth na próxima quarta-feira, 04, no resort de Gold Coast, 66 quilômetros ao sul de Brisbane.

As autoridades australianas elevaram o alerta terrorista em setembro de 2014 e aprovaram uma série de leis para impedir ataques.

No entanto, a Austrália sofreu quatro ataques desde então, embora vários tenham sido abortados com a prisão de dezenas de pessoas em várias operações em todo o país. /EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.