Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Internacional

Internacional » FBI e polícia de Nova York enviarão agentes para investigar atentados na Bélgica

Internacional

AFP PHOTO / JOHN THYS

FBI e polícia de Nova York enviarão agentes para investigar atentados na Bélgica

Havia americanos entre os 31 mortos e mais de 250 feridos, segundo autoridades nova-iorquinas. Dentre eles, membros de uma comunidade mórmon e um oficial da força aérea

0

O Estado de S. Paulo

23 Março 2016 | 09h48

WASHINGTON - O FBI e a polícia de Nova York enviarão agentes a Bruxelas para investigar os atentados terroristas de terça-feira, que deixaram pelo menos 31 mortos e mais de 250 feridos, já que havia americanos entre as vítimas, informaram as autoridades nova-iorquinas.

Em entrevista coletiva, o vice-comissário para Inteligência e Contraterrorismo de Nova York, John Miller, afirmou que as unidades viajarão à capital belga o mais rápido possível, onde iniciarão sua própria investigação.

"Como há americanos entre as vítimas no ataque na Bélgica, haverá uma investigação do FBI por meio da Força Conjunta Antiterrorista da cidade de Nova York", declarou Miller.

Esta unidade é formada por agentes da Polícia Federal dos EUA (FBI) e da polícia nova-iorquina, e já participou em outras missões internacionais, como nos atentados de 1998 contra as embaixadas dos EUA na Tanzânia e no Quênia, e no ataque contra o destróier da marinha americana "USS Cole" no ano 2000.

Três missionários americanos membros da comunidade mórmon que servem na França ficaram gravemente feridos no atentado realizado no aeroporto de Bruxelas, assim como um oficial da força aérea americana e vários membros de sua família. /EFE

Comentários