Filho de De la Rúa casará com cantora e processará revista brasileira

Antonio de la Rúa, filho mais velho do presidente argentino, anunciou hoje seu casamento com a cantora colombiana Shakira, embora não tenha mencionado a data. Em declarações à Rádio 10, o primogênito do presidente Fernando de la Rúa disse querer conduzir a "vida privada à margem da imprensa". As relações entre De la Rúa e Shakira vieram a público no ano passado. O jovem De la Rúa voltou a desmentir hoje que tivesse comprado um luxuoso apartamento na capital argentina para viver com Shakira. Uma revista local havia informado que o custo desse apartamento superava os US$ 2,5 milhões e que estava situado em uma zona residencial sofisticada de Buenos Aires. "A história do apartamento é de uma falsidade total, do princípio ao fim", disse o filho de De la Rúa, acrescentando que havia enviado uma "carta documento" aos meios de imprensa, e que lamentava que estes não tivessem apresentado retratação. O noivo de Shakira também ratificou hoje que processará a revista brasileira Veja, segundo a qual o valor do apartamento que o jovem e sua prometida pretendem comprar chega a "quase US$ 3 milhões". "Jamais pus os pés na imobiliária nem tenho pensado em mudar-me; vivo há 10 anos no mesmo lugar, e vou continuar vivendo ali", acrescentou. No sábado, a revista brasileira publicou matéria de duas páginas intitulada "De la Rúa & Filhos", que exibe fotos dos três filhos do atual mandatário argentino e onde diz que "com o presidente estranhamente afastado da crise argentina, sua família oferece sugestões sobre política e aproveita o poder para divertir-se". Antonio de la Rúa também surpreendeu nesta terça-feira ao anunciar que o governo de seu pai "está trabalhando em um acordo com os EUA, do tipo comercial". "É uma discussão que já está colocada e um dos temas sobre os quais se começará a discutir na Argentina nos próximos dias", disse o filho do presidente, ao mesmo tempo que elogiava o plano de reativação econômica empreendido pelo ministro da Economia, Domingo Cavallo. Advogado por profissão, Antonio de la Rúa costuma aconselhar seu pai em temas políticos e é considerado o porta-voz do chamado "Grupo Sushi" - formado por jovens funcionários e líderes políticos, assim chamado porque costumava reunir-se em um restaurante japonês.

Agencia Estado,

29 Maio 2001 | 15h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.