Filhos de Saddam podem estar entre mortos em tiroteio

Quatro dos aliados mais próximos do ex-presidente iraquiano Saddam Hussein foram mortos hoje após troca de tiros nas ruas de Mosul, ao norte do país, informaram fontes militares dos EUA. Segundo a rede de TV norte-americana Fox, entre os aliados poderiam estar um ou os dois filhos de Saddam. A rede MSNBC informou que Uday e Qusay, filhos de Saddam, teriam sido mortos ou capturados, citando fontes do exército. Para a CNN, os oficiais disseram que um número de pessoas foi capturado ou morto. O Pentágono informou que está tentando confirmar se os filhos de Saddam estariam entre os mortos ou capturados, disse a CNN. A rede de TV norte-americana disse que a rede do Catar Al-Jazeera citou informações de testemunhas de que os filhos de Saddam estiveram em algum momento na residência que foi cercada antes da troca de tiros. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

22 Julho 2003 | 12h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.