1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Forças paquistanesas impedem ataque perto de aeroporto

Agência Estado

10 Junho 2014 | 09h 13

Forças de segurança repeliram, nesta terça-feira, um ataque de militantes contra uma instalação de treinamento para forças de segurança instalada nas proximidades do aeroporto de Karachi, dois dias depois de uma ação do Taleban contra o mais movimentado aeroporto do Paquistão.

O Taleban paquistanês assumiu a responsabilidade pelos dois ataques.

As operações de voo, que haviam sido retomadas na tarde de segunda-feira, foram novamente interrompidas durante o período no qual tropas paquistanesas lutaram contra os participantes do ataque.

"A situação está 100% sob controle", disse o coronel Tahir Ali, porta-voz da Força de Segurança do Aeroporto.

Segundo ele, os homens chegaram de moto e abriram fogo do lado de fora da cerca do aeroporto, na direção da instalação de treinamento e de um abrigo das forças de segurança.

Após o revide do ataque, os homens fugiram para um bairro pobre, que fica nas proximidades. Segundo Ali, uma operação de buscas era realizada, mas ninguém ficou ferido. Fotografias divulgadas pela televisão mostram as forças de segurança disparando na direção dos militantes num bairro em ruínas.

De acordo com o major-general Asim Bajwa, porta-voz do Exército, três dos quatro participantes do ataque não conseguiram entrar no perímetro da cerca de segurança do aeroporto. Ele afirmou que "está em curso uma busca" pelos militantes.

O ataque desta terça-feira aconteceu após uma batalha de seis horas nos aeroporto, iniciada na noite de domingo, que deixou pelo menos 28 mortos, depois de homens com armamento pesado terem invadido o terminal de carga do aeroporto.

A instalação das Forças de Segurança fica perto do terminal 1, usado principalmente para cargas e voos VIPs, local a partir do qual o Taleban tentou, no domingo, invadir o terminal 3, o principal do aeroporto.

Na manhã desta terça-feira, foram encontrados sete corpos de funcionários do aeroporto, que ficaram presos numa instalação de armazenamento a frio no domingo. Fonte: Dow Jones Newswires.