1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Forte tempestade de neve ameaça o leste dos EUA; voos são cancelados

- Atualizado: 22 Janeiro 2016 | 15h 10

Na noite de quinta-feira, as principais companhias aéreas americanas anunciaram o cancelamento de mais de mil voos programados para hoje e amanhã; tempestade de neve pode estabelecer novos recordes

WASHINGTON - Uma grande área e a costa do leste dos EUA se preparam para a chegada de uma forte nevasca nas próximas horas. O governo federal anunciou que suas agências fechariam ao meio-dia (horário local), as escolas teriam as aulas suspensas e o transporte público - metrô e ônibus - também suspenderia suas operações a partir de amanhã. 

Na noite de quinta-feira, as principais companhias aéreas dos EUA anunciaram o cancelamento de mais de mil voos programados para hoje e amanhã. A tempestade de neve pode estabelecer novos recordes. 

Tempestade de neve nos EUA
Chip Somodevilla/Getty Images/AFP
Neve nos EUA

Muitos locais estão em estado de alerta para a chegada da tempestade Jonas, a primeira do inverno 

Washington, Nova York e outras cidades prepararam grandes frotas de escavadeiras de neve  e moradores estocaram mantimentos à espera de uma tempestade de inverno que deve despejar até 76 centímetros de neve sobre a região.

Ao menos cinco Estados americanos declararam estado de emergência desde a tarde de quinta-feira, à medida que a primeira grande tempestade na costa do Atlântico começou a se deslocar sobre a região centro-sul dos EUA, antes de entrar no curso esperado em direção norte e leste.

Alertas de rajadas de vento foram emitidos no Distrito Federal de Washington e em Baltimore, com condições extremas esperadas para a tarde de sexta-feira, enquanto Nova York se prepara para receber as primeiras pancadas de neve no sábado de manhã.

A autoridade de transporte público de Washington, que inclui o segundo sistema de metrô mais movimentado dos EUA, disse que vai suspender suas operações de sexta à noite até domingo.

A Guarda Nacional da Virgínia disse que planejava mobilizar até 300 soldados para auxiliar nas operações de resposta à tempestade.

O Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA informou que as condições de tempestade podem ter proporções letais ao longo de maior parte da costa do Atlântico na noite de sexta e na manhã de sábado. / REUTERS e NYT 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em InternacionalX