França pede desculpas ao Brasil

O governo da França, através do seu ministro de Relações Exteriores, Dominique de Villepin, apresentou suas desculpas ao chanceler brasileiro, o embaixador Celso Amorim, pela forma que se desenvolveu a "operação Amazônia", cujo objetivo era resgatar a franco-colombiana Ingrid Betancourt, seqüestrada há um ano e meio pelas guerrilhas das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). O governo brasileiro havia cobrado explicações ao embaixador da França em Brasília, e exigido desculpas públicas pelo fato de não ter sido devidamente informado sobre esta operação, apresentada como humanitária. Este fato deverá contornar a crise diplomática que vinha envolvendo o Brasil e a França nos últimos dias.

Agencia Estado,

31 Julho 2003 | 15h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.