General afastado assume Forças Armadas no Paraguai

O general Juan Oscar Velázquez, afastado do posto de chefe do Exército havia 48 horas, foi designado hoje como comandante das Forças Armadas do Paraguai. O presidente Fernando Lugo apressou-se a esclarecer que as nomeações dos líderes militares nos últimos dias não devem ser objeto de especulações.

AE-AP, Agencia Estado

06 Novembro 2009 | 15h31

Em comunicado difundido hoje, Lugo esclareceu que "as nomeações e afastamentos realizados ultimamente no quadro superior das Forças Armadas são atribuição única e exclusiva do presidente". O presidente acrescentou que não há razão para especulações.

Lugo aparentemente tenta acabar com os rumores de golpe militar no país, surgidos nos últimos dias. O líder qualificou as mudanças como "processos administrativos normais e legais".

Velázquez assumiu o posto até então ocupado pelo contra-almirante Cíbar Benítez. Mais cedo, Benítez se retirou da casa de governo após reunião com Lugo, sem dar declarações.

Ontem, Lugo apontou o general Bartolomé Pineda como chefe do Exército. Na Marinha, o contra-almirante Egberto Orué substituiu o também contra-almirante Claudelino Recalde. Na Aeronáutica, o general Hugo Aranda substituiu Darío Davalos, também general.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.