Governo da Síria aprova missão da ONU em Alepo

A agência de notícias estatal da Síria, conhecida como SANA, informou que o governo e enviados especiais da Organização das Nações Unidas (ONU) entraram em um acordo para enviar uma missão para a cidade de Alepo, ao norte do país, que está dividida entre tropas do governo e forças opositoras desde meados de 2012.

Estadão Conteúdo

01 Março 2015 | 10h40

Conforme a SANA, a decisão foi tomada após negociações entre o ministro do Exterior, Walid al-Moallem, e o enviado da ONU, Staffan de Mistura, realizadas em Damasco. No entanto, não foi informada a data de início dos trabalhos em Alepo.

O enviado da ONU, De Mistura, tenta implementar um "congelamento" dos confrontos na cidade. Segundo ele, uma trégua local seria o primeiro passo para reduzir as hostilidades entre as tropas do governo e as forças opositoras.

O governo sírio, por sua vez, se comprometeu a suspender ataques aéreos em Alepo por seis semanas. Ainda é necessário o suporte das forças oposicionistas para que o plano da ONU seja realizado. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Síria ONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.