Gravação atribuída a Saddam faz ameaças a alvos dos EUA

Uma gravação com a voz atribuída a Saddam Hussein transmitida nesta sexta-feira pela emissora de televisão Al-Jazira traz ameaças de mais ataques contra alvos norte-americanos. "Eu ainda estou no Iraque com um grupo de líderes", afirma a voz. ?Não se rendam e não cooperem com os EUA; agradecemos a Deus por tudo?, diz o teipe, que supostamente teria sido gravado em 14 de junho. Não há informações sobre a autenticidade da gravação, mas pessoas que conheceram Saddam declararam que a voz é idêntica à do ex-presidente iraquiano. Assumindo a responsabilidade pelos ataques armados contra as forças invasoras americanas no Iraque, a voz se dirige aos iraquianos. "Irmãos e irmãs, eu envio-lhes boas notícias: foram formadas brigadas e células da Jihad (guerra santa)?, afirma de início a voz, que também adverte: "Nós sacrificamos o governo, mas não vamos sacrificar nossos princípios ou nos render?.

Agencia Estado,

04 Julho 2003 | 11h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.