Gripe avícola mata 23 tigres de zoológico tailandês

Vinte e três tigres morreram e 30 adoeceram depois de serem alimentados com carne de frango contaminada com gripe avícola em um zoológico privado da Tailândia. Apesar disso, autoridades sanitárias dizem que os riscos para os humanos são reduzidos. Os tigres do Zoológico Sriracha começaram a morrer no dia 14 de setembro, disse Charal Trinvuthipong, diretor do Centro de Prevenção e Combate à Gripe Avícola. Especializado em tigres, o zoológico situa-se em Chonburi, uma província situada na região central da Tailândia. As autoridades determinaram que o zoológico deverá permanecer fechado enquanto as investigações estiverem em andamento. As granjas da província estão sendo analisadas por veterinários. Os frangos foram colocados em quarentena. "Nós descobrimos que todos os 23 tigres mortos foram contaminados com a gripe avícola", declarou Charal. "Descobrimos também que mais 30 tigres estão doentes. Nós acreditamos que os tigres contraíram a gripe avícola depois de serem alimentados inadvertidamente com carne de frango contaminada." Em Genebra, Fadel Chaib, uma porta-voz da Organização Mundial de Saúde (OMS), comentou que o risco de transmissão da doença para humanos é reduzido porque "os tigres não são hospedeiros da variante humana do vírus".

Agencia Estado,

19 Outubro 2004 | 14h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.