1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Hamas sequestrou os três jovens de Israel em junho, diz integrante

O Estado de S. Paulo

21 Agosto 2014 | 10h 36

Autoridade do grupo militante islâmico chamou caso de 'operação heroica das Brigadas Qassam", braço armado do Hamas

RAMALLAH - Uma autoridade do Hamas disse que integrantes do grupo militante sequestraram os três adolescentes israelenses cujas mortes em junho provocaram uma onda de violência que levou ao atual conflito em Gaza. Pela primeira vez o movimento islâmico reconheceu envolvimento no caso.

Em uma conferência em Istambul, Saleh al-Arouri, autoridade do Hamas na Cisjordânia que vive exilado na Turquia, comentou as acusações israelenses sobre a responsabilidade pelo sequestro dos adolescentes.

"Houve muita especulação sobre essa operação, alguns disseram que era uma conspiração", disse Arouri a delegados durante reunião da União Internacional de Acadêmicos Islâmicos, na quarta-feira, segundo gravação divulgada pelos organizadores.

"A vontade popular foi exercida em toda a nossa terra ocupada e culminou na operação heroica das Brigadas Qassam em aprisionar os três colonos em Hebron", disse Arouri, referindo-se ao braço armado do Hamas. Até então autoridades do Hamas se recusavam a confirmar ou negavam envolvimento no crime. / REUTERS