Helicóptero com funcionários da ONU é abatido

Um helicóptero que levava observadores da Organização das Nações Unidas foi abatido quando sobrevoava a região de Abkhazia, na Geórgia. O Ministério da Defesa de Abkhazia ainda não têm informações sobre vítimas, disse um porta-voz da que não se identificou. A agência de notícias ITAR-Tass informou que o helicóptero foi abatido por mísseis 15 minutos depois de decolar do aeroporto da capital na cidade de Sukhumi, capital da Abkhazia. Oficiais da defesa disseram que o helicóptero foi abatido sobre território "controlado por terroristas chechenos e georgianos que invadiram a região de Abkhazian. Segundo o ministro da Defesa de Abkhazian, Sergei Shamba, ainda não há informações de vítimas. Dieter Boden, um representante da ONU na capital da Geórgia, Tbilisi, disse não poder confirmar o incidente mas um grupo de observadores estava pronto para retomar a inspeção na região na segunda-feira. A missão de observação foi interrompida em dezembro, quando um grupo de funcionários da ONU foi seqüestrado.

Agencia Estado,

08 Outubro 2001 | 06h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.